Oração da Humildade e Serenidade

Oração da Humildade e Serenidade
Saiba que para tudo há uma solução

terça-feira, 12 de abril de 2011

Pessoas acomodadas

Texto do Professor Luiz Marins


Tenho ficado impressionado com pessoas acomodadas. Tenho visto muitas pessoas que se deixaram dominar pela preguiça.
Acomodadas e preguiçosas não encontra mais sentido nos desafios do trabalho, nos embates do dia-a-dia, perdem a alegria de viver.
O pior é que essas pessoas acomodadas em sua própria acomodação: não viajam, não vão ao cinema, não vão ao teatro, não vão ao shows, não leem, não querem aprender nada, não visitam amigos e não curtem parentes.
São verdadeiros mortos-vivos defronte a um aparelho de tv, esperando notícias ruins.
acomodadas e preguiçosas logo tornam-se palmatórias do mundo. Mortas de inveja de quem se mexe, se desafia, quer fazer, viaja, vai a cinemas e teatros, curte aprender coisas novas, elas viram críticas do mundo. Não conseguem enxergar senão um muro preto defronte à janela de suas vidas.
Não se deixe dominar por esse terrível vírus! desafie-se todos os dias;mesmo que sinta preguiça, levante e vá!
Vista-se bem! Compre uma roupa nova para melhorar esse visual caído que nem você aguenta mais ver no espelho de seu quarto.
Se você é mulher, vá a um salão de beleza e dê um trato no seu cabelo e hidrate sua pele.
Isso vale mesmo para os aposentados;aqueles que se dizem "velhos demais" para essas baboseiras.
Mesmo sem vontade conheça novos lugares, vá ao cinema, teatros, shows de música.
Leia bons livros, mesmo forçando aquela leitura que parece nunca acabar. Saia de casa, visite amigos e areje sua cabeça antes que ela mofe de vez.
Conheço jovens de 80 anos e velhos de 20.
Cuide de sua cabeça!
E a melhor maneira é se desafiando todos os dias a vencer a acomodação e a preguiça.
Levante cedo! Tome uma boa ducha, vista uma roupa decente, coloque um perfume qualquer, nem que seja para ficar em casa fazendo algum trabalho doméstico.
Jogue fora aquela camiseta velha e aquela calça de pijama que não tem mais barbante na cintura.
Não fique o dia todo de pijama ou penhoar, se arrastando pela casa como se fosse um fantasma de quem qualquer outro fantasma fugiria.
Vença a preguiça!
Não se acomode!
Faça de 2011 um verdadeiro ano novo!
Pense nisso. Sucesso!